sábado, 3 de julho de 2010

Sorte grande!



Desde o início dos trabalhos com Embriologia, nós do Guará, gostaríamos de poder levar nossos alunos ao cinema. Mas para isso, seria necessário que houvesse algum filme em cartaz relacionado ao tema do curso. Como de início não havia nenhum, seguimos em frente com o conteúdo utilizando diversos filmes e outras mídias no ambiente de sala de aula mesmo. Foi então que lá pela 10ª aula ficamos sabendo sobre um filme que iria estrear em junho de 2010 chamado "Plano B". O filme conta a história de uma mulher, Zoe, que decide fazer uma inseminação artificial pois, apesar de não ter encontrado "o cara ideal", queria muito ser mãe. "Se apaixonar*. Casar. Ter um filho. *Não necessariamente nessa ordem" resume o enredo do filme, pois logo após ter feito a inseminação artificial, Zoe conhece Stan e se apaixona por ele.

Digo que tiramos a sorte grande porque, somente após muitas discussões sobre gravidez e assuntos correlacionados, o filme foi lançado, e então na nossa 13ª aula, no dia 24/06, é que fomos ao cinema. Desta maneira, o filme serviu para revisar e fixar alguns dos conteúdos que já tínhamos trabalhado em sala de aula, como gametogênese, fecundação, anexos embrionários, gravidez gemelar, tipos de parto (normal e na água - sobre os quais já tínhamos mostrado vídeos na aula de partos, inclusive no filme "Ligeiramente Grávidos") e principalmente sobre as alterações hormonais, físicas, psicológicas e as responsabilidades que uma gravidez e consequentemente os filhos trazem para a vida dos pais (assunto que trabalhamos com o filme "Nove Meses").

A experiência deu muito certo, pois aproximadamente vinte e quatro alunos puderam comparecer, o que representa a maioria dos que continuaram no curso. O gênero do filme também ajudou muito, pois, por ele ser muito engraçado, os alunos se identificaram. Eles se divertiram e aproveitaram o passeio, tanto no sentido lúdico quanto para aprimorar o aprendizado, e isso nos deu uma grande satisfação! Com certeza iremos repetir em outras oportunidades!

2 comentários :

Assistente 1 disse...

Como é bom ler os seus textos fiha, você sabe, como ninguem, expressar o que realmente deseja. É super interessante como consegue passar nos texto, exatamente a sua linguagem extraordinária, imagino como seus alunos estão satsfeitos em ter você como professora. Você vai muito longe e eu me orgulho cada vez mais de ser o seu pai.
Te amo.

Soraya disse...

Te amo pai!!! Fico muuito feliz em ler isso!!