quarta-feira, 3 de julho de 2013

Peixes! Olhe quantos peixes!

Dando continuidade ao trabalho com o filme Nemo, pensamos em como trabalhar os peixes, afinal, além de protagonistas eles são a grande maioria dos coadjuvantes na estória. Então ao montarmos nossa programação pensamos que seria legal trazer alguém especializado para conversar com os alunos. Mas como tratar sobre peixes marinhos no meio do cerrado? 

Lembramos logo do Pedro De Podestá! 

Claro, ele é doutorando em peixes do cerrado, mas mesmo assim resolvemos conversar com ele. Eu já tinha trabalhado com ele na VI SemaBio e a Andréa tinha dito que ele já havia participado do PIBID anteriormente. Nada melhor do que uma pessoa super disponível e especialista.

Mandei um e-mail para ele perguntando se ele toparia participar de novo. Ele prontamente respondeu e marcamos um encontro para conversar e passar nossa ideia. Como especialista em peixes do cerrado, lancei o desafio dele falar um pouco no geral, e mostrar como foi o trabalho dele de doutorado.


Os alunos foram chegando e se acomodando. Conforme Pedro ia conversando com eles, surgiam perguntas e até teorias para os questionamentos que ele fazia. Os alunos participaram bem.


Ele trouxe curiosidades e dados que os alunos não tinham contato. Trazer um Doutorando para nossa aula foi antes de tudo uma forma de tentar mostrar o trabalho que pode ser feito ao se engajar nas pesquisas na área da Biologia e como ela pode ser divertida. Mostrar aos alunos o lado da construção dos conhecimentos biológicos que vão parar em reportagens e livros didáticos mais tarde.


O Pedro achou bem legal, e como está para defender seu Doutorado seria uma boa forma de mostrar os resultados de seu trabalho. Pena que nosso tempo era curto e não tivemos como ampliar a conversa e fazer uma prática com eles. O que claro, pode ser programado para uma outra oportunidade.

Fiz ao Pedro algumas perguntas sobre a experiência de, agora ao final do doutorado, participar do PIBID.

- O que você pensou quando foi convidado a dar aula no PIBID?
Achei que seria uma ótima oportunidade de estar divulgando o conhecimento que adquiri nos últimos anos como pesquisador. Principalmente por se tratar de alunos de uma instituição pública.

- Como foi a aula? E o contato com os alunos?
Apesar da adaptação da linguagem, costumo realizar palestra com uma linguagem mais técnica, acredito que a mensagem foi passada. Os alunos demonstraram-se participativos.

- Gostaria de repetir a experiência?
Sem dúvida.

- Algum outro comentário?
Aulas práticas poderiam ser utilizadas para complementar o apresentado durante as aulas teóricas.

Acreditamos que essa interação entre universidade e escola pública é muito interessante. Não somente pelo nosso lado como participantes do PIBID professores em formação como para os profissionais da universidade ao trabalhar com um pouco da realidade das escolas e poder divulgar seus trabalhos acadêmicos.
Pedro, valeu pela sua participação!

Até mais. XD 

Um comentário :

Irivan Rodrigues disse...

Olá Milles, boa tarde!

Talvez eu esteja por aqui pela segunda vez trazendo um convite a você para fazer parte do Projeto Educadores Multiplicadores. O objetivo do projeto é unir e divulgar blogs de educadores.

Divulgue seu blog e promova a educação!

Faça parte da maior comunidade de blogs educativos do Brasil! Permita que outras pessoas conheçam este espaço e que ele fique mais conhecido entre os professores/educadores, alunos e escolas do Brasil e Portugal. É grátis!

Abraços, fiquemos na Paz de Deus e até breve.

Irivan